CS
Faça o download do FlashPlayer aqui
|

Pesquisa avançada

Newsletter
Introduza o seu e-mail:

Se quiser deixar de receber a nossa Newsletter proceda ao cancelamento.

   

Telefone: +351 21 330 05 60
e-mail: geralopex@opex.pt
dias úteis das 8:00 às 19:00.

Daily information PEX
<a href="modules/mercados/mercados.aspx" title="mercados">mercados</a>
Fundos de Investimento: profissionalismo, diversificação e economias de escala


O investimento em acções e obrigações são aplicações directas nos activos correspondentes, independentemente de serem feitas por iniciativa do investidor ou após consulta a um consultor financeiro.

 

Nesta secção introduz-se um outro tipo de investimento - o fundo de investimento.

                 

Os fundos de investimento são veículos de investimento colectivo onde um profissional habilitado para tal investe, em nome dos investidores, o dinheiro que estes colocaram no fundo. Designam-se por colectivos pelo facto de agregarem num só veículo - o fundo de investimento - o investimento de diversos investidores, e a rentabilidade de cada um ser proporcional ao montante investido individualmente.

 

 

Existe uma grande diversidade de fundos. Uns são veículos de investimento passivos que se limitam a seguir um benchmark específico. Há, no entanto outros, que são criados com fins muito particulares, como por exemplo os fundos de capital de risco, fundos de pensões, fundos imobiliários, hedge funds, entre outros.

 

A decisão de escolher o tipo de fundo que melhor se adapta ao perfil de cada investidor pode não ser fácil de tomar, mas o conceito subjacente a investir num determinado fundo é bastante simples.

 

Qualquer que seja o objectivo e independentemente do tipo de fundo, o que estes veículos fazem é aplicar o dinheiro dos investidores em nome destes... e o montante investido no fundo traduzir-se-á numa aplicação directa no mercado respectivo.

 

Existe mais uma consideração a ter: nenhum fundo investirá o seu dinheiro de graça. Todo o processo que conduz ao investimento do dinheiro colocado no fundo em activos tem vários custos que devem ser analisados cuidadosamente : comissão de subscrição (ou seja, custo inicial pelo facto de se colocar dinheiro no fundo), comissão de manutenção (ou seja, um custo pelo facto de o investimento ser monitorizado por profissionais), comissão de sucesso (ou seja, um custo indexado ao desempenho) e comissão de resgate (ou seja, um custo de desinvestimento de modo a reaver o dinheiro e eventuais mais valias).

 

Mas, assim sendo, quais são as vantagens em investir através de um fundo?

 

DIVERSIFICAÇÃO

Um argumento que é muitas vezes utilizado é o de que o investimento através de fundos de investimento é um modo mais barato de se conseguir obter uma carteira bem diversificada. Um fundo que invista por exemplo em mercados emergentes, pode investir em centenas de empresas de vários países classificados como tal, enquanto que um investidor apenas consegue investir  em uma ou duas empresas.

 

ECONOMIAS DE ESCALA

Uma outra vantagem deste tipo de investimentos colectivos resulta da sua dimensão e de portanto poderem ter equipas dedicadas apenas à análise das empresas / sectores em que investem e de conseguirem melhor informação e custos de transação mais baixos.

 

INVESTIMENTO PROFISSIONAL

Por último, o investimento através de um fundo de investimento permite que o dinheiro dos investidores seja gerido por especialistas e a um baixo custo, pois este é dividido por todos os investidores que participam no fundo.

 

Outros sítios de interesse

Instituição

Sítio de Internet

CMVM - Comissão de Mercado de Valores Mobiliários

www.cmvm.pt

 


Items Relacionados

Banner1
Banner2
Banner3

Por favor leia o Acordo de Utilização :: Copyright © OPEX :: Versão 1.000 :: Todos os direitos reservados :: PEX é uma marca registada da OPEX.
A OPEX é uma instituição constituída ao abrigo do decreto-lei n.º357-C/2007 de 31 de Outubro, registada na CMVM, autorizada a gerir sistemas de negociação multilateral e serviços conexos.

 
sombra